As melhores câmaras de refrigeração de carne

Cámaras de refrigeración para carne - INTARCON

As melhores câmaras de refrigeração de carne

 É importante saber quais são as melhores câmaras frigoríficas para a carne, assim como o equipamento ou materiais de construção, para a refrigeração correta da carne. A boa conservação da carne permite-nos consumi-la em condições ótimas, sem perder nenhuma das suas propriedades, uma vez que se trata de um produto perecível.

Preservação da carne por refrigeração e congelação.

De modo a manter as propriedades da carne e garantir a segurança das pessoas ao consumi-la, é essencial uma conservação correta. A exposição prolongada a fatores naturais tais como temperatura, luz ou humidade pode causar deterioração e, consequentemente, torná-la imprópria para consumo.

 

É também importante saber que algumas das carnes mais seleccionadas  necessitam de ser refrigeradas ou conservadas em determinadas condições, a fim de realizar o processo de maturação da carne, o que lhe confere uma série de propriedades que a tornam de maior qualidade, bem como a sua tenrura, textura e sabor.

Agora, conheçamos um pouco sobre os dois processos mais populares utilizados no mundo para a conservação da carne:

O que é a conservação de carne por refrigeração?

O processo de refrigeração, na conservação da carne, é definido como o processo onde a carne é armazenada numa câmara fria em que é criado um ambiente controlado com condições favoráveis para parar a proliferação de bactérias que podem danificar as propriedades de consumo do produto.

O que é a conservação da carne por congelação?

O processo de congelação, na conservação da carne, é definido como o processo onde  a carne é armazenada numa câmara de congelação em que é criado um ambiente controlado que favorece as condições para anular completamente a actividade bacteriana, evitando assim possíveis danos bacterianos e prolongando o processo de conservação da carne.

Embora em ambos os processos seja importante conhecer a importância da cadeia de frio alimentar.


A importância da cadeia de frio INTARCON

Condições de refrigeração de carne

Para a correta conservação e maturação da carne, é importante conhecer determinados fatores-chave que determinarão se o processo é viável ou não, se estão relacionados com o ambiente controlado ou com as características da carne.

A INTARCON fabricou especialmente equipamento semi-compacto para a conservação e maturação em câmaras de refrigeração de carne. Estas unidades são constituídas por uma unidade motor-condensador e um evaporador quase-estático do tipo tecto ou de fluxo duplo. Caracterizam-se por uma configuração de velocidade mínima nos seus ventiladores, a fim de evitar a perda de humidade relativa na câmara. Além disso, incorporam opcionalmente regulação electrónica avançada para controlar a temperatura e humidade no interior da câmara.


Maturação da carne INTARCON

Temperatura de refrigeração da carne

Para uma óptima conservação e maturação da carne num armazém frigorífico, é importante manter uma temperatura de cerca de 0ºC, embora sem exceder esta temperatura, pois o produto poderia congelar. Além disso, para uma conservação óptima, precisamos de conhecer a carga do produto ou o número de aberturas durante o dia, pois estes factores podem alterar a temperatura da câmara.

Humidade refrigeração da carne

Para além da temperatura de conservação da carne, a humidade relativa do ambiente ou a humidade do produto também desempenha um papel fundamental no processo, uma vez que, se isto não for feito, o produto pode deteriorar-se rapidamente. Por este motivo, o nosso equipamento incorpora uma configuração especial que ajuda a não perder humidade durante o processo graças ao seu controlador electrónico avançado. Em geral, a gama de humidade relativa óptima situa-se entre 40% e 95%. Consoante:

  • Tipo de carne.
  • O processo de conservação.
  • Os materiais de construção da câmara.
  • A carga do produto.
  • O número de aberturas desta.
  • Etc.

Outros fatores de refrigeração da carne.

Embora os fatores acima mencionados sejam os mais importantes, não são menos importantes do que aqueles que normalmente ignoramos quando falamos de processos de refrigeração. A carga do produto na câmara ajuda ou dificulta a preservação de um ambiente controlado para o produto, porque quanto maior for a carga, maiores serão as necessidades de refrigeração do produto. O número de aberturas diárias da câmara provoca um choque térmico entre o exterior e o interior da câmara, resultando numa rápida mudança de temperatura.Por outro lado, os materiais de construção da câmara também favorecem a conservação ou manutenção de um ambiente controlado no seu interior. Não podemos definir que câmaras são melhores  que outras, porque a sua função e tamanho exigirão necessidades diferentes. Eles entram em jogo neste caso:

  • Tipo de isolamento ou painéis utilizados que conservarão mais eficientemente a temperatura e humidade interior da câmara.
  • O tipo de pavimento também desempenha um papel importante, porque em verdadeiro câmaras frigoríficas não são necessários isolar, enquanto nas câmaras frigoríficas é sempre necessário.
  • Equipamento instalado na câmara, que favorecerá em maior ou menor grau as condições de carregamento do produto, ou o número de aberturas.
  • O tamanho é o factor mais importante, uma vez que o tamanho da câmara afectará todos os fatores acima mencionados.

Durante quanto tempo pode a carne ser mantida sem refrigeração?

Conformado a Administração de Alimentos e Medicamentos, recomenda-se que a carne não permaneça à temperatura ambiente por mais de duas horas, com temperaturas inferiores a 30°C. Enquanto em ambientes mais quentes onde a temperatura excede os 30ºC, a carne não deve permanecer não refrigerada durante mais de uma hora. A temperatura óptima para a conservação da carne situa-se entre os 4ºC e os 18ºC.

Por outro lado, é importante saber que, por muito bem conservada que seja a carne, não é aconselhável conservá-la por mais de 5 dias.

Quanto tempo dura a carne de porco sem refrigeração?

A carne de porco, como qualquer outro tipo de carne, não pode ser mantida sem refrigeração durante mais de duas horas e pode manter todas as suas condições óptimas de consumo durante 3 a 5 dias, desde que as condições de armazenamento sejam adequadas.

O que acontece se a carne for deixada sem refrigeração durante seis horas?

Dependerá sempre do ambiente em que for encontrado. Mas com temperaturas ambientes superiores a 4ºC irá deteriorar-se na sequência da proliferação de bactérias que prejudicam as suas propriedades e a saúde dos consumidores. Notará estas condições numa textura viscosa e pegajosa, com uma mudança de cor aparentemente mais pálida e um cheiro forte.

Pedir aconselhamento técnico - INTARCON

Share this post


17Days16Hours56Minutes